COMO TER UMAS FÉRIAS PARADISÍACAS BARATAS

by - quarta-feira, maio 25, 2016

via Pinterest

A imagem que veem acima é em Maiorca, Espanha. E é exatamente para lá que no próximo mês eu e o meu namorado vamos para passar uma semana de sonho! Não vamos para a cidade de Palma, a capital. Decidimos ir para um sítio mais calmo, no lado mais ocidente da ilha, mais precisamente em Calas de Maiorca, porque o nosso objetivo é mesmo descansar e fazer muuuita praia. Segundo o que nos disseram é um dos sítios da Europa onde as águas são mais cristalinas. Esperamos que sejam quentes também. 
Podem pensar que fazer férias numa ilha em junho é caro. Eu pensava o mesmo até ter feito as contas finais depois de muita pesquisa. E é exatamente sobre isso que venho falar neste post. Tenho a certeza que algumas de vocês gostariam de poder passar férias numa ilha mas não se atrevem sequer a procurar as viagens por causa dos preços. Desenganem-se. É possível ir passar umas boas férias com um orçamento baixo. É claro que nunca vai ser tão barato como ir passar quatro dias a Barcelona num hostel com pequeno-almoço incluído, mas não fica tão caro quanto possam pensar. Mas acreditem que dá algum trabalho encontrar viagens e estadia baratas. Não encontrámos de um dia para o outro. 
Para saberem como é que eu e o Pedro fizemos para pagar pouco por umas férias que se adivinham de sonho, basta continuar a ler este post :) 


Vou então contar-vos todos os passos que eu e o meu namorado tomámos na nossa busca pelas férias perfeitas (o ideal seria ir para o México, mas deixaremos isso para daqui a uns anos na nossa lua-de-mel ihihi). 
Antes de mais nada, têm de decidir as datas. Nós decidimos ir de 19 a 25 de junho. Depois, aquilo que nós fizemos inicialmente foi estabelecer um orçamento. Isso é muito importante! Se só puderem gastar 600 ou 400, procurem coisas apenas dentro desse valor, ou abaixo se virem que vale a pena, para não acabarem por se iludir com hotéis luxuosos que têm preços muito acima daquilo que os vossos bolsos podem suportar. Depois disso, decidimos escolher o nosso destino de férias. Já tínhamos uma ideia mais ou menos estabelecida: queríamos ir para Espanha. Não para o norte, porque é aqui perto e já costumamos frequentar, e além disso a água é gelada, mas ou para o sul, ou então para uma ilha. Inicialmente pensámos em Tenerife. Fizemos imensa pesquisa e descobrimos que a melhor zona é também a mais cara, e estava fora do nosso orçamento. Havia o norte da ilha que é mais acessível, mas a areia é escura e rochosa, porque é vulcânica, e eu não gostei muito disso. Pensámos então em Benidorm, que fica no sul de Espanha, mas vimos que ir para lá ou para uma ilha ficava mais ou menos o mesmo preço, para aquilo que procurávamos a diferença era mínima, e decidimo-nos então por uma ilha porque nunca nenhum de nós esteve numa, além disso Benidorm tem muita confusão e nós queríamos evitar isso. Ficámos então divididos entre duas ilhas: Gran Canária e Maiorca. Decidimos também que queríamos ficar num hotel com regime de tudo incluído. É óbvio que é mais caro, mas se fossemos a comprar coisas fora, almoçar ou jantar fora todos os dias, durante uma semana, iria ficar muito mais caro. Tendo tudo incluído, temos acesso a tudo no hotel a qualquer hora do dia, sem pagar mais por isso.
Depois de fazermos muita pesquisa - acreditem que foram horas e horas, várias noites a pesquisar, principalmente o Pedro, que foi incansável nisso - decidimos ir até às agências aqui em Chaves para conhecermos os pacotes que lá havia, porque por vezes têm promoções que valem a pena, principalmente porque estávamos a fazer tudo com alguma antecedência (estávamos em finais de fevereiro, inícios de março quando começámos a tratar de tudo). Fomos então à primeira agência e não havia nenhum pacote que fosse inferior a 800 ou 900 euros por pessoa! Agradecemos ao senhor que nos atendeu e fomos a mais três agências. Apenas numa delas os valores estavam mais próximos daquilo que queríamos gastar. Uma coisa que nós fizemos questão de frisar foi que já tínhamos feito pesquisa. Acho que é importante levar o "trabalho de casa" já feito e também fazer com que as pessoas que estão a atender-nos saibam que não estamos ali do zero, que já vimos algumas coisas, e que não vale a pena nos tentarem ludibriar ou iludir com hotéis de quatro ou cinco estrelas à beira-mar que custam mais de 1500 euros por pessoa porque nós não vamos alinhar nisso, porque temos um orçamento estabelecido e porque sabemos que há coisas boas a um preço mais baixo. Como já referi, apenas uma das agências tinha preços mais próximos daquilo que estávamos dispostos a pagar, já com os voos incluídos também, mas não fizemos reserva. Dois dias depois, se não me engano, decidimos ir mesmo a Espanha para saber se compensava comprar as viagens lá. Para quem não sabe, Chaves está a menos de 10 km de Espanha. Fomos então a duas agências e não fomos a mais nenhuma porque não compensava em nada! Era tudo muito mais caro. Muito mesmo! Além disso os horários dos voos não eram os melhores. 
Nessa mesma noite, eu e o Pedro voltámos a fazer as nossas pesquisas. E decidimos que iríamos comprar tudo pela net porque compensava: voos, hotel e o transfer do aeroporto para o hotel e vice-versa. Mas ainda tínhamos um problema por resolver: decidir qual a ilha. Os preços eram praticamente os mesmos tanto numa como noutra, então o Pedro colocou a decisão nas minhas mãos, e eu acabei por dizer que queria ir para Maiorca por causa dos horários dos voos e também por passarmos menos horas dentro do avião. 
Depois de termos o nosso destino definido, procurámos o hotel. Procurámos em vários sites e usámos os filtros das estrelas - escolhemos de três e quatro estrelas - e também o filtro do preço, como é óbvio. Vimos vários aparthotéis, que são os mais baratos, mas achámos que não era necessário estarmos a ir para um quando não íamos utilizar a cozinha porque íamos ter regime de tudo incluído. Depois de muitas fotos e de ler vários comentários sobre cada hotel, acabámos por decidir ir para um que fica em Calas de Maiorca, como já vos tinha dito, que fica num sítio mais calmo da ilha. 
Depois disto, estava na altura de escolher os voos. Também pesquisámos em imensos sites, não só por causa dos preços, mas também por causa dos horários. Inicialmente tínhamos pensado ir de autocarro até Madrid e apanhar lá o avião diretamente para Maiorca. Mas encontrámos voos do Porto para Madrid mais baratos que o autocarro e então decidimos fazer o seguinte roteiro: dia 18 à noite vamos do Porto para Madrid; passamos a noite no aeroporto de Madrid (quando fomos para Barcelona passámos a noite no aeroporto do Porto e não custou assim tanto quanto pensávamos) e na manhã de dia 19 partimos para Maiorca e chegamos lá por volta das 10h; no dia 25, ou seja, no nosso regresso, saímos de Maiorca às 22h30 e vamos para Santiago de Compostela, e aí uma prima minha que vive perto vai buscar-nos e passamos a noite em casa dela e regressamos a Portugal no dia seguinte. Conseguimos estes três voos a um preço mesmo muito bom, acreditem! Quanto ao transfer, vamos reservá-lo através de uma das agências que visitámos e vai ficar super barato também. 
Portanto, por uma semana em Maiorca, num hotel de três estrelas - que é semelhante a alguns de quatro aqui em Portugal -, com regime de tudo incluído, pertinho da praia, com três voos e o tranfer, não chegou nem perto dos 800 euros, quanto mais dos 1000! Ficou super em conta. Além disso, no site onde reservámos o hotel não foi necessário pagar logo tudo de uma vez. Pagámos um sinal e depois demos o resto do dinheiro. Acaba por facilitar bastante.

Bem, como podem ver, na minha opinião, não é caro conseguir viajar em junho com comodidade para uma ilha, mesmo que seja já aqui em Espanha. O que realmente importa é podermos estar com quem amamos, e aproveitar ao máximo os dias que vamos passar na praia ao sol. 
Quanto ao México, ainda temos alguns anos para poupar para lá irmos ahahah

Vocês já decidiram onde vão passar as vossas férias de verão? 

You May Also Like

6 comentários

  1. 800€ duas pessoas? ou cada um? achei este post interessante :)
    >> http://www.golden-roads.com/

    ResponderEliminar
  2. Que espetáculo amei a imagem e o lugar
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  3. Ola Linda, Tudo Bem?
    Adorei o post,Lugar Obrigada:)
    Kisses Open Kloset
    Novo post:http://openklosetfashion.blogspot.pt/2016/05/sushi-design-restaurant.html
    Passatempo 420€: https://www.facebook.com/openklosetfashion/posts/781623398641842:0

    ResponderEliminar
  4. Não conheço essa zona de Maiorca :) Estou entusiasmada para ver o resultado da viagem, tens de mostrar muitas fotos :p E sim, isso é tudo o que ando sempre a dizer a toda a gente - fazer férias fora, mesmo que seja desse estilo de praia & relax, nunca é tão caro quanto as pessoas pensam. Exige apenas a pesquisa que mencionaste, que tem de ser muita de forma a encontrarmos as melhores opções. Quanto mais informados estivermos, mais conseguimos baixar o orçamento :)

    GIVEAWAY Pack Odisseias SPA + AVENTURA + GOURMET

    ResponderEliminar

Muito obrigada pela tua visita ❤
Todos os comentários são retribuídos nos respectivos blogues.

Se preferires, podes enviar-me um e-mail para:
thefashionjukebox.ch@gmail.com